Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desperta Universo!

Desperta Universo!

Entenda o que é o alcoolismo

por Desperta Universo!, em 01.12.15

O alcoolismo deve-se a muitos fatores interligados, incluindo genética, como você foi criado, o seu ambiente social e sua saúde emocional. Alguns grupos raciais, como os índios americanos e nativos do Alasca, estão numa situação mais elevada de risco do que outros de desenvolver dependência do álcool, dado o ambiente frio e solitário que os circunda. As pessoas que têm uma história familiar de alcoolismo são mais propensas a desenvolver problemas com a bebida. Finalmente, aqueles que sofrem de um problema de saúde mental, tais como ansiedade, depressão ou transtorno bipolar estão também particularmente em risco, porque o álcool pode ser usado para se auto-medicarem.

 

Alcoolismo

 

Você tem um problema com a bebida? Pode ter se cumprir as seguintes condições:

 

- Se se sentir culpado ou envergonhado pelo modo como bebe;

- Se esconder a sua necessidade de beber aos seus amigos e à sua família;

- Se precisar de beber para relaxar ou se sentir melhor;

- Se esquecer o que fez enquanto estava bebendo;

- Se regularmente beber mais do que pretendia.

 

Dado que o álcool existe em muitas culturas e os efeitos variam muito de pessoa para pessoa, nem sempre é fácil descobrir onde se encontra a linha entre beber de modo social e ter realmente problemas com a bebida. O mais importante é que você saiba como o álcool o afeta. Se a bebida está a causar problemas na sua vida, você sofre de alcoolismo.

 

O caminho do abuso de álcool para o alcoolismo

 

Nem todos os abusadores de álcool tornam-se alcoólicos, mas é certamente um grande fator de risco. Às vezes, o alcoolismo desenvolve-se subitamente em resposta a uma mudança causadora de grande stress, como uma separação, reforma ou o falecimento de alguém importante para si. Outras vezes, o vício simplesmente vai aos poucos tornando conta de si, à medida que a sua tolerância ao álcool aumenta. Se você beber bebidas alcoólicas todos os dias, os riscos de desenvolver o alcoolismo são maiores.

Como ajudar um familiar a superar o alcoolismo

por Desperta Universo!, em 01.12.15

Se alguém que você gosta tem um problema com a bebida, você pode estar lutando com uma série de emoções dolorosas, incluindo vergonha, medo, raiva e auto-culpa. O problema pode ser tão avassalador que parece mais fácil ignorá-lo e fingir que nada está errado. Mas a longo prazo, negar será mais prejudicial para si e para outros membros da família do que para a pessoa alcoólica.

 

Alcoolismo

 

Lidar com um ente querido que tem um problema com o álcool, pode ser uma montanha russa emocional. É vital que você cuide de si mesmo e obtenha o apoio de que necessita. Também é importante ter pessoas com quem você pode falar honesta e abertamente sobre o que está passando.

 

Um bom lugar para começar é unir-se a um grupo de apoio para famílias que lidam com o alcoolismo. Ouvindo os outros que enfrentam os mesmos desafios que você enfrenta, pode ser uma tremenda fonte de conforto e apoio. Também ajuda se você conversar com amigos de confiança ou, melhor ainda, com um psicólogo. Quando um membro de uma família sofre de alcoolismo, normalmente todos os membros da mesma precisam de ajuda profissional para aprenderem a lidar com a situação.

 

Admitir que há um problema grave pode ser doloroso para toda a família, e não apenas para o abusador de álcool. Mas não se envergonhe. Você não está sozinho. O alcoolismo afeta milhões de famílias, de todos as classes sociais, raças e culturas. Mas há sempre ajuda e apoio disponível para si e para a pessoa alcoólica.

 

A recuperação é um processo contínuo, é uma estrada esburacada, exigindo tempo e paciência. Um alcoólico não vai magicamente tornar-se uma pessoa diferente, quando conseguir livrar-se do vício. Por isso mesmo, os problemas que levaram ao abuso de álcool, em primeiro lugar, terão de ser enfrentados. A sobriedade é uma conquista diária, quem já foi alcoólico permanece para toda a vida com um risco grande de o voltar a ser, se os problemas que causaram o vício não forem resolvidos.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D