Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desperta Universo!

Desperta Universo!

5 erros que não se podem cometer nas apostas desportivas

por Desperta Universo!, em 17.11.15

O Placard veio trazer a toda a população um fácil acesso às apostas desportivas. Para os iniciantes no assunto, deixamos aqui alguns ensinamentos básicos sobre cinco erros que não se podem cometer neste entusiasmante mundo das apostas.

 

Apostas Desportivas

 

Evite jogar por impulso ou por gostos pessoais

 

Muitos apostadores jogam por impulso ou por gostos pessoais, o que é um grande erro. Devemos apostar tendo apenas em consideração os resultados que serão prováveis e não aqueles que gostaríamos que acontecessem. A realidade objetiva é indiferente aos nossos impulsos e gostos pessoais. Devemos apostar apenas com as estatísticas em mente.

 

Não aposte em odds muito baixas

 

Um dos maiores erros que os iniciantes nas apostas desportivas cometem é apostar em odds muito baixas, porque julgam que os resultados são certos. Ora, é preciso compreender que as odds são apenas o efeito do histórico das equipas e não uma causa. Ou seja, uma odd é o efeito do passado e não a causa do futuro. Para além disso, as recompensas das odds baixas não compensam os riscos. Recomendamos que aposte apenas em odds superiores a 1.50.

 

Não faça apostas combinadas com mais de 3 jogos

 

As apostas combinadas no Placard são a mesma coisa que as múltiplas em sites de apostas online, isto é, não permitem que se falhe nenhum jogo. Ora, em três eventos no futebol existem 27 resultados possíveis para uma combinada (3X3X3). Se apostarmos em quatro (3X3X3X3), o resultado da combinada será um entre 81 hipóteses, o que já se torna bastante improvável de acertar. Muitos apostadores jogam em 6 ou 7 apostas combinadas, o que do ponto de vista estatístico é um insucesso quase garantido. Numa combinada com muitos jogos, é estatisticamente normal ocorrer um ou dois resultados improváveis. A esses resultados chamamos "loucos", a matemática chama-lhes normais. Recomendamos apenas as múltiplas em que se pode falhar um ou dois jogos ou as combinadas apenas até três jogos, nunca superior a esse número.

 

Não queira recuperar imediatamente o dinheiro perdido

 

Este erro é uma grande pedra no sapato de muitos apostadores. Quando perdem uma aposta, vão logo a correr fazer outro Placard para, pelo menos, recuperar o dinheiro perdido. Não se deve apostar com base em emoções passageiras, e querer à força toda recuperar o que se perdeu é agir emocionalmente. É preciso compreender que é NORMAL perder algumas apostas. Quando se perde, é preciso aceitar o resultado e deixar a emoção passar, ou seja, apostar apenas no dia seguinte quando a perda já foi psicologicamente digerida. Querer recuperar o dinheiro rapidamente, é querer resolver o problema com aquilo que o causou em primeiro lugar, o que é um absurdo. Seria o mesmo que tomar um veneno à força para tratar um envenenamento. Se perder uma aposta, e será normal isso acontecer, deixe a emoção passar e tente outra vez no dia seguinte.

 

Não fique eufórico se ganhar nem depressivo se perder

 

Muitos apostadores ficam eufóricos quando ganham consecutivamente e é aí que começam a cometer erros, julgando que acertarão sempre. Mas o que a estatística nos diz, é que quanto mais apostas consecutivas um apostador ganhar mais provável será que a próxima aposta seja perdida. Se atirarmos uma moeda ao ar por três vezes e se em todos os três lançamentos sair cara, menos provável, segundo uma análise estatística a longo prazo, será a cara de sair novamente na quarta tentativa, apesar de em cada novo lançamento as hipóteses à partida serem de 50/50. As apostas desportivas requerem uma análise fria e racional, não uma análise eufórica. Do mesmo modo, não fique depressivo se perder. Quando isso acontece muitas vezes a um apostador, este começa a pensar que as equipas conspiram contra ele. Ora, a realidade objetiva não está nem contra nem a favor de ninguém. Quantas mais vezes você perder, mais provável será começar a acertar. Estatisticamente, os períodos de muitas vitórias consecutivas são normais, mas também o são os períodos de muitas derrotas seguidas. Em suma, nunca se deixe controlar pelas emoções, sejam estas positivas ou negativas.

Aventura à Flor da Pele - Sul da Nicarágua

por Desperta Universo!, em 17.11.15

Football Leaks: Yacine Brahimi: Doyen Sports/Denos Limited

por Desperta Universo!, em 16.11.15

http://footballleaks.livejournal.com/5093.html

Football Leaks: As ligações Sporting/Holdimo e o mistério dos investidores

por Desperta Universo!, em 16.11.15

http://footballleaks.livejournal.com/5157.html

As criaturas mais lendárias da mitologia grega

por Desperta Universo!, em 16.11.15

Saiba o que é a Paralisia do Sono

por Desperta Universo!, em 16.11.15

Cuidados a ter em conta quando se quer adquirir um cão

por Desperta Universo!, em 16.11.15

Ter um cão representa uma fonte de satisfação para toda a família. Mas, para que assim suceda, é necessário atender a uma série de requisitos.

 

Cão

 

A passagem pelas fases de domesticação, socialização e treino básico permitirá que o cão se integre adequadamente na sociedade e que se mantenha sob o controlo do seu dono sempre que isso lhe seja exigido.

 

Através do treino, o homem estabelece uma linguagem que lhe dá a possibilidade de entrar no mundo do cão e de se fazer compreender por este. No entanto, para que um cão possa realizar qualquer trabalho de utilidade, é preciso, acima de tudo, que seja saudável. O animal de companhia, de assistência, de trabalho ou de desporto tem de desfrutar de um excelente estado de saúde para que possa desempenhar as suas funções.

 

A Organização Mundial de Saúde define a saúde como «o bem-estar físico, psíquico e social». E, na verdade, este mesmo conceito poderia também aplicar-se ao cão.

 

A alimentação, os cuidados veterinários, o exercício, a higiene e a satisfação das necessidades elementares do cão constituem as bases em que assenta uma boa saúde.

Pág. 5/5

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D